Mães de primeira viagem

Por que o primeiro trimestre de gestação é tão importante?

Muitas futuras mamães ainda nem desconfiam que estão grávidas, mas os seus corpos já começaram a mudar. No primeiro trimestre de gestação, ainda não dá para ver a sonhada barriguinha, por isso muitas mulheres se descuidam justamente no período mais importante gravidez.

+ Abortamento espontâneo: o que causa, como lidar e como evitar?

+ Como se preparar para a gravidez e aumentar a fertilidade do casal

“Essa fase é a mais crítica da gestação porque é o período de formação dos órgãos fetais. Por isso, o desenvolvimento do bebê pode ser prejudicado por fatores externos como medicamentos, radiações ionizantes e drogas ilícitas. É nesse período que acontecem entre 70% e 80% dos abortamentos espontâneos”, explica Sérgio Floriano Toledo, professor mestre de obstetrícia da Faculdade de Ciências Médicas de Santos e Diretor Científico da Regional de Santos e Baixada Santista da SOGESP.

imagem ultrassom

O primeiro trimetre é a fase mais crítica da gestação

A partir das primeiras semanas de gestação, a mulher começa a sofrer mudanças físicas e hormonais. Durante esse período, o útero, por exemplo, aumenta de tamanho. No início da gestação ele pesa 70 gramas. Já no final, ele chega a pesar cerca de 1.200 gramas.

“O objetivo dessas mudanças é proporcionar um ambiente uterino acolhedor para o implante do futuro bebê e permitir uma gravidez com o mínimo de problemas”, conta o médico.

Cuidados essenciais

Os três meses iniciais da gravidez exigem comprometimento da futura mamãe. Ela precisa aproveitar a fase para se informar sobre a gestação, tirar dúvidas e começar o pré-natal. Além disso, ela precisa cuidar da alimentação, evitar o ganho de peso excessivo e criar o hábito de fazer exercícios físicos, uma vez que ela tenha autorização para tal esforço.

+ 17 perguntas que toda mãe de primeira viagem faz — e as respostas para cada um delas

“A primeira bateria de exames é de extrema importância. Através dos dados coletados na primeira consulta e do resultado dos exames clínicos e laboratoriais, será possível classificar a gestação como sendo de baixo, médio ou alto risco. No primeiro ultrassom também será possível definir a idade gestacional”, diz Toledo.

De acordo com o médico, os erros mais cometidos no primeiro trimestre são o início tardio do pré-natal, a não realização dos exames laboratoriais e de imagem, a alimentação irregular, a manutenção do hábito de ser fumante e o consumo de bebida alcoólica.

“O grande segredo de uma gestação saudável é buscar a orientação de um especialista assim que a mulher desejar engravidar. Isso será capaz de detectar e solucionar problemas de saúde que podem causar má formação fetal e contribuir para uma gravidez de risco”, afirma o médico.

Fotos: Thinkstock

Clique aqui para adicionar seu comentário

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Matérias Relacionadas

Baby ailing and lying measuring electric thermometer

Quando devo me preocupar com uma febre?

Camila Natalojunho 10, 2016
melhor idade para o primeiro smartphone

Qual é a melhor idade para o primeiro smartphone?

Camila Natalomaio 9, 2016
ilustracao gravidez capa

Ilustrações divertidas definem o que é estar grávida

Patricia Machadoabril 14, 2016
bebe chorando

4 maneiras de acalmar o choro do bebê

Patricia Machadoabril 8, 2016
Principais sinais de que o bebê está para nascer

Está na hora? Conheça os principais sinais de que o bebê está para nascer

Camila Nataloabril 4, 2016
cheerful kid licking ice cream

Pais podem correr riscos ao compartilhar fotos dos filhos nas redes sociais

Pedrokacthborianmarço 29, 2016
pascoa

3 brincadeiras para animar a Páscoa

Patricia Machadomarço 24, 2016
mãos bebê dedos

Abortamento espontâneo: o que causa, como lidar e como evitar?

Patricia Machadomarço 17, 2016
receitas para crianças

5 receitas para fazer com as crianças

Patricia Machadomarço 15, 2016