Desenvolvimento do bebê

Casal de viajantes dá dicas para quem pretende encarar grandes aventuras na companhia dos filhos

Se viajar com crianças já exige cuidados extras, seja com a bagagem, alimentação e com a saúde dos pequenos, imagina só viajar sem data pra voltar e ainda por cima com uma filha de 1 ano e outro bebê na barriga?

Captura de Tela 2016-03-03 às 12.10.36

Allyson grávida do segundo filho e Ella, em Gili, na Indonésia

Parece impossível, mas essa aventura faz parte da rotina de um casal de nômades digitais, que desde 2014 largou tudo para percorrer o mundo produzindo conteúdo, treinamentos e cursos online como infoprodutores.

+ Conheça Esmé, a bebê viajante que faz sucesso nas redes sociais

+ 5 dicas para planejar uma viagem com as crianças

O casal, formado pelo brasileiro Bruno Nogueira Pinheiro e sua esposa francesa, Allyson Natier, já conheceu mais de 35 países desde então — e sua filha, Ella, já conhece 17!

Mesmo com a chegada de um novo integrante na família — o segundo filho deve nascer entre março e abril de 2016 — eles devem continuar viajando e trabalhando ao redor do mundo , seguindo o mesmo estilo de vida.

+ Cuidados que as grávidas devem ter ao viajar de avião

+ Cuidados ao viajar de avião com bebês

Viajar como nômade digital e ganhar dinheiro desta forma pode ser divertido e prazeroso, mas exige seus cuidados, principalmente quando acompanhado de crianças e bebês”, diz Bruno.

Com a supervisão dos pais, que não desgrudam de Ella nem quando estão trabalhando, a pequena já fez “amizades”com cobras e animas exóticos, dormiu no deserto do Saara e até mergulhou com tubarões em seus passeios ao redor do mundo.

Captura de Tela 2016-03-03 às 12.07.42

Ella com um filhote de tigre em Phuket, na Tailândia

Depois de tudo isso, fica a pergunta: afinal, quais são os cuidados essenciais com os pequenos durante estas aventuras? O casal dá dicas para quem pretende fazer viagens longas e para vários países com crianças e bebês. Veja:

1Marque um check-up com o pediatra

A visita preventiva ao médico é essencial para que a saúde e crescimento da criança sejam checados. Nessa hora, segundo Allyson, é bom saber se o pequeno precisa ganhar peso e se suas vacinas estão em dia para que a viagem prossiga sem contratempos.

 2. Confira a infraestrutura dos hospitais locais

“Os endereços, bem como os idiomas utilizados nos hospitais da região que será visitada, deverão estar na ponta da língua dos papais viajantes”, aconselha o casal. Isso porque nunca se sabe se a criança precisará de um pronto-atendimento — contar com essas informações previamente anotadas poderá salvar a vida do seu filho em um momento de emergência.

 3. Dedique atenção especial à alimentação da criança

Aquelas que ainda estão em fase de amamentação devem continuar mamando normalmente, pois o leite materno, além de prevenir doenças, é essencial para o crescimento saudável do bebê. Já para os maiorzinhos, é sempre bom ter uma máquina de papinhas, também conhecida como “baby cooking”. Ela amassa frutas e legumes, facilitando o preparo das papinhas e sopas.

A culinária local deverá ficar restrita aos legumes, já que a procedência das carnes pode ser duvidosa. “Na Ásia, por exemplo, nunca sabíamos ao certo de onde vinha a carne que estava sendo servida. Por isso, optamos por alimentar Ella apenas com os legumes durante a nossa estadia no país”, conta Allyson.

 4. Mantenha o protetor solar e o repelente sempre em mãos

De acordo com Bruno, todo cuidado é pouco em países com climas tropicais. “O protetor solar, o repelente e o guarda-sol são os melhores amigos dos pais durante viagens a destinos mais quentes”, afirma. Já nos locais mais frios, as toucas, botas e segundas peles (roupas térmicas que aquecem o corpo) são essenciais.

 5. Fique de olho na bagagem

Caso a viagem seja longa ou de duração indefinida, Allyson recomenda que roupinhas de tamanho maior do que o atual do bebê sejam inclusas na mala, bem como itens para ambientes quentes e frios. Além disso, outra dica é levar remédios essenciais, como aqueles contra cólica, febre e dores musculares, já que comprá-los em outro idioma costuma ser bem mais difícil. Objetos leves ou desmontáveis, como carrinhos de bebê mais práticos, de uma só peça, também são altamente recomendáveis.

 6. Prefira viagens noturnas

Para que o sono do bebê não fique desregulado, Allyson recomenda que as viagens sejam feitas no período noturno. Dessa forma, ele irá se distrair dormindo e acordará somente quando vocês chegarem ao destino escolhido.

 7. Revezem-se para praticar esportes radicais

Para mergulharem, Bruno e Allyson costumam se revezar nos cuidados da pequena Ella. “Também costumamos levá-la conosco nos locais menos perigosos, já que Ella costuma cochilar com frequência. Em alguns casos, a deixamos durante 20 ou 30 minutos aos cuidados dos amigos de confiança que fazemos durante a viagem“, finaliza Bruno.

Se você gostou das dicas, pode acompanhar a rotina de Ella em seu Instagram e no da família.

Clique aqui para adicionar seu comentário

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvimento do bebê

Matérias Relacionadas

Estudo revela que o afeto nos primeiros meses de vida e essencial para a formacao do adulto

Estudo revela que o afeto nos primeiros meses de vida é essencial para a formação do adulto

Camila Natalomaio 19, 2016
Pupils meditating in lotus position on desk in classroom at the elementary school

Os benefícios da meditação para as crianças

carolinamaio 10, 2016
Mae transforma alimentos saudaveis em personagens famosos

Mãe transforma alimentos saudáveis em personagens famosos para colorir as refeições do filho

Camila Nataloabril 20, 2016
projeto traz relatos divertidos da infância

Projeto traz relatos divertidos da infância

Camila Nataloabril 4, 2016
fotos sindrome de down 3

Bebês com síndrome de Down estrelam campanha para desmistificar o assunto

Patricia Machadomarço 30, 2016
gravidez peso

Como entrar em forma depois da gravidez

Patricia Machadomarço 11, 2016
garotinha chama policia

Garotinha liga para a polícia para resolver um problema (bem) inusitado

Patricia Machadomarço 8, 2016
gravidez gravida

Brasil está entre os países menos favoráveis ao aborto, diz pesquisa

Patricia Machadomarço 7, 2016
estados unidos

Série fotográfica mostra, através da mala da maternidade, a realidade das mães ao redor do mundo

Patricia Machadomarço 7, 2016